3, 2, 1 e já!

Atualizado: 20 de Fev de 2020


Tum, tum tum tum t u m m m m ... ... ... . . .

Meu coração estava a mil. Em parte porque a ficha não caía, em parte porque eu estava feliz pra caramba e não conseguia me conter. Finalmente estava ali. Literatura, espanhol, sala de aula, inglês... tudo junto e misturado. Tinha como ser melhor?

A primeira semana foi de boas-vindas, treinamento intensivo e socialização. Na sexta eu estava mortinha da silva, tentando assimilar aquele tanto de informação e expectativas em cima de mim (ter ansiedade crônica não ajudou em nada). O fim de semana passou voando. A noite de domingo foi interminável. A segunda passou mais rápido do que eu estava planejando e o resto da semana foi fantástico, apesar do cansaço físico-mental-emocional-cutural-etc.

Somos um grupo de onze novos estudantes de mestrado e doutorado. Idades variam entre 22 e 30 anos. Há americanos, espanholes, uma porto-riquenha e eu, brasileira. Alguns no departamento de linguística hispana, outros em literatura hispana e eu em literatura de língua portuguesa. O programa de português é bem menor mesmo, mas tenho fé que vamos crescer!

No meu programa somos 8: dois americanos, quatro brasilienses, um mineiro e uma baiana – seis mulheres, um homem. Enquanto isso, o espanhol tem uns 80 estudantes de diversas partes desse mundão.

Como estudante de mestrado, vou estudar literatura escrita em língua portuguesa, o que inclui Brasil, Portugal, África e todos os períodos literários. Além disso, tenho que estudar uma terceira língua estrangeira (francês ou alemão? O que acham?).

Pretendo escrever uma dissertação (ainda não decidi o tema), passar nas provas finais e me candidatar para o doutorado. Como sou bolsista, meu objetivo é tirar A em tudo.

Dou aula neste lugar!

Ao mesmo tempo, sou funcionaria da universidade, ou Instrutora Assistente, como chamam por aqui. Tenho que ministrar três cursos por ano, português ou espanhol. E agora vem a parte mágica: tudo isso vai acontecer em dois anos!

(Se o doutorado der certo, fico mais 5 anos.

Vou deixar para pensar nisso depois).

Estou muito animada, muito mesmo. Nunca antes tive um local de trabalho tão aconchegante, um acompanhamento pedagógico de tanta qualidade e tantas facilidades para estudar. Eles estão cobertos de razão em exigir tanto, afinal possibilitam o meio para que isso aconteça.

Em textos futuros, quero compartilhar minha experiência como professora e aluna. Também preciso comentar sobre o campus, oportunidades, dificuldades. Tenho muitas ideias, mas pouco tempo. Ah, mas é de grão em grão que a galinha enche o papo, não?

Enfim, essas duas últimas semanas foram cheias. Minha cabeça está explodindo com oportunidades e informações novas. Mas, como meu pai costuma dizer: “um dia de cada vez e uma noite para intercalar”.

Vou indo. Agora tenho uma carreira para cuidar, leituras enormes para concluir, alunos para ensinar, inglês para aprimorar e muita coisa para viver. Let’s rock it!

P.s.: já ia me esquecendo... fui recebida com elipse solar total!

Precisei postar essa música.. ;)

#pessoal #indianauniversity #foradobrasil #intercâmbio

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram